Escrito por

Assessoria Sindimetal

#Notícias | 26/12/2022

Nos últimos anos, o movimento sindical passou por um grande teste quanto à sua capacidade de mobilizar e representar os trabalhadores. É fato que vivemos uma grande transformação no campo do trabalho, onde a classe trabalhadora, em especial no ramo da indústria, não se identifica mais com o perfil clássico do operário ou da operária, tampouco com os formatos de trabalho datados dos anos de 1980 e, consequemente, com o mesmo formato de diálogo e representação por parte dos sindicatos e sindicalistas.

A tecnologia veio para transformar não só as atividades que executamos no dia a dia, como também a forma como nos comunicamos uns com os outros. Das assembleias lotadas nos salões e ginásios dos sindicatos, para os encontros virtuais e a busca por orientação via inbox e whatsapp. Do jornal impresso e entregue com maior frequência na porta das fábricas, para os sites e portais de notícias na tela do celular ou na do computador. Hoje, tudo é mais ágil, dinâmico e acessível, e por isso a nossa representação também deve ser!

Nos últimos tempos o Sindicato trabalhou com empenho para estar presente e atender nas mais diversas plataformas. Lançou novos canais no whatsapp, fez consultas e pesquisas com formulários virtuais, atualizou o site e marcou presença em redes sociais como Facebook e Instagram. Mas também não deixou de prestar um bom atendimento presencial na sede, nem abriu mão da atuação nos locais de trabalho, isso porque as inovações não caminham na mesma agilidade e ainda não são de acesso universal para todos os trabalhadores/as.

Nosso desafio após este período de experienciação e aprendizados, é buscar conscientizar uma categoria cada vez mais diversa, que assiste e vivencia todas as transformações, mas que não pode se esquecer do verdadeiro caminho a ser trilhado: o da Coletividade, da União e da Solidariedade.

Assim como nós, do Sindicato, estamos empenhados em compreender e trabalhar com a pluralidade, desejamos que em 2023 os trabalhadores e trabalhadoras metalúrgicos também estejam dispostos a aprofundar a luta e fortalecer ainda mais a representação sindical, a partir de solidariedade de classe e do fortalecimento de um espaço que é todos e todas, sócios e não sócios: O SINDICATO!

Fonte: STIMMMEC

Fontes:

Publicado em:26/12/2022

Voltar

Notícias Relacionadas