Revista Veja lança enquete para saber se o povo quer Lula preso ou presidente

13/07/2017

 

A Revista VEJA, que nunca escondeu seu ódio ao partido dos trabalhadores e aos políticos petistas, resolveu criar uma enquete em seu portal perguntando o que o público acha que ocorrerá com o ex-presidente Lula em 2018. A pesquisa utilizou as seguintes perguntas: em 2018 Lula será preso ou se tornará presidente de novo.

 

 

 

 

capa

Imagem / Reprodução Veja online

 

 

 

Para o espanto de seus editores, até as 17:00 desta quinta-feira, 86% dos mais de 60 mil votos apontavam que Lula seria presidente de novo no próximo pleito.

 

 

 

Em seu primeiro pronunciamento após ser condenado pelo Juiz Sérgio Moro, feito nesta quinta-feira (13), Lula enfatizou que será candidato em 2018, afirmando que vai comprar três brigas para voltar a ser presidente: com a Justiça, para provar sua inocência; dentro do partido, para se tornar de fato o candidato da legenda; e a disputa democrática nas ruas e urnas, posteriormente.

 

 

 

 

Pesquisas não oficiais já envergonharam seus criadores em outras ocasiões  

 

 

 

Esta não é a primeira vez que uma pesquisa desagrada o criador. Em fevereiro deste ano, o deputado estadual Flavio Bolsonaro (PSC-RJ) lançou uma enquete em seu perfil no Twitter na qual simulava o cenário de um eventual segundo turno para a eleição presidencial de 2018. Os candidatos apresentados eram seu pai, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 

 

 

Apesar de a enquete ter sido lançada pelo próprio Flávio Bolsonaro, o resultado obtido certamente não foi o que ele esperava. Lula obteve 69% das intenções de voto, contra 31% de Jair Bolsonaro. Mais de 200 mil pessoas participaram da enquete na ocasião. Flávio Bolsonaro justificou o resultado desmerecendo os participantes, que segundo ele eram pessoas pagas pelo partido dos trabalhadores para votar na enquete.

 

 

 

Em maio, uma enquete realizada no site do PMDB, partido de Michel Temer, perguntava a opinião das pessoas sobre o texto da reforma da Previdência. Na ocasião 96% dos quase 40 mil participantes se manifestaram contra a proposta. Devido ao resulto controverso a opinião do partido, os administradores da página resetaram a pesquisa para assim conseguir alterar seu resultado.

 

 

 

 

 

Fonte: STIMMMC

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube