Reforma Trabalhista: Sindicato inicia hoje debates por fábrica na base

O Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita inicia na tarde dessa terça-feira (26) uma série de debates individuais e diretos com trabalhadores e trabalhadoras das fábricas da base. Ao todo, dez empresas irão participar dos debates, que visam explicar as ameaças da Reforma Trabalhista e a importância de se empenhar na campanha pela revogação da mesma, encabeçada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

 

O primeiro dia de debate será com os trabalhadores(as) da Siemens, Liess e Madef. Segundo a direção do Sindicato, esses e os demais encontros exigirão a mobilização de todos os dirigentes sindicais, que além da compreensão da lei, devem fiscalizar rigorosamente as condições dos funcionários. “A reforma foi aprovada e o nosso trabalho é fazer com que a classe trabalhadora entenda o que está por vir e construa junto à luta sindical um movimento de resistência contra a precarização e à retirada de direitos”, declarou o dirigente Flavião, secretário geral da Federação e tesoureiro do Sindicato.

 

Vale lembrar que a meta da campanha da CUT é arrecadar, até o dia 31 de outubro, mais de 1,3 milhões de assinaturas. Isso porque o número equivale a 1% do eleitorado brasileiro e é o mínimo exigido pela Constituição Federal para que um Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) seja aprovado. Para realizar a assinatura, o interessado deve ter em mãos o Título de Eleitor.

 

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube