Mangels: Desvios de função e problemas com a segurança no trabalho

O Sindicato tomou conhecimento nas últimas semanas das irregularidades que vêm ocorrendo na metalúrgica Mangels, em Canoas. Segundo dirigentes sindicais, os problemas estão fundamentados no desvios de funções e na precariedade da segurança do trabalho, mas também envolvem os ganhos de PLR.

 
Trabalhadores terceirizados que prestam o serviço de transporte para a empresa estão atuando sem Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado, principalmente nos dias de chuva. O descaso com a segurança, casado com a pressão para bater as metas de produção, já resultou em acidentes na empresa. Neste ponto, pelo que é de conhecimento do Sindicato, trabalhadores iniciantes já pediram demissão alegando dores na coluna e inchaços nas mãos e ombros, pois a empresa não fornece plano de saúde para os que estão em contrato de experiência.

 
Em relação à participação nos lucros, os trabalhadores informam que a coordenação da empresa anunciou no início de janeiro que as metas haviam sido alcançadas. No entanto, às vésperas do pagamento, o anúncio de que um dos indicadores não havia sido alcançado gerou desconfiança na fábrica.

 
Os dirigentes do Sindicato, trabalham em conjunto com os trabalhadores(as), apurando as denúncias e tomando providências sobre os relatos.

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube