Campanha Salarial 2021: primeira rodada de negociações encerra sem avanços

No dia 19 de maio foi realizada a primeira rodada de negociações da Campanha Salarial 2021 dos metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita. A pauta aprovada pelos trabalhadores/as no mês de abril reivindica, principalmente, a reposição das perdas inflacionárias acumuladas de Maio/20 até Abril/21 – INPC 7,59%. No Estado, já foram encerradas negociações que garantiram a reposição nos salários dos Metalúrgicos e da Máquinas Agrícolas (negociações da Federação). Os trabalhadores da Reparação de Veículos também já estão com uma proposta encaminhada, que deve ser analisada e votada nos próximos dias. Uma nova rodada para Canoas está marcada para o dia 26 de maio.

 

 

 

De acordo com os temas pendentes da Campanha Salarial do ano passado, o primeiro encontro com o Patronal foi pautado pela apresentação da proposta relacionada a duas cláusulas da CCT em discussão: o Quinquênio (14ª) e a Garantia ao Aposentando (27ª), além de diretrizes que busquem adequações quanto ao trabalho na modalidade Home Office. Segundo os diretores do Sindicato que participaram da reunião, não houve condições de encaminhar resolução frente o que foi apresentado.

 

 

“Com a compreensão de que desde o ano passado os trabalhadores estão arcando com a crise da pandemia, seja com redução nos salários, ou com acréscimo de gastos sem qualquer compensação no trabalho Home Office, nós negamos um acordo neste primeiro momento e optamos pela continuidade das negociações”, esclareceu Silvio Bica, vice-presidente do Sindicato.

 

 

 

“Outras mesas do Estado já deram o parâmetro para as negociações, deixando clara a possibilidade de repor as perdas salariais a partir da data-base. Por isso, a categoria deve estar pronta para se mobilizar caso seja necessário pressionar por um acordo”, afirmou Flavio Souza, o Flavião.

 

 

Fonte: STIMMMEC

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube