A frente da banca do Comitê, sindicatos de Canoas reforçam a defesa da democracia

Nesta sexta-feira (19), dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita e membros do Sindipolo e Sitrocan estiveram a frente nas atividades do Comitê Sindical Popular Contra a Reforma da Previdência em Defesa dos Direitos Trabalhistas. Estando a semana inteira na Esquina Democrática de Canoas, o Comitê entregou panfletos informativos e sanou dúvidas da população canoense para conscientizá-la da importância da candidatura do ex-presidente Lula e da garantia de eleições democráticas em 2018. Os gabinetes dos vereadores Maria Eunice (PT) e Ivo Fiorotti (PT) e do deputado federal Marco Maia (PT) lideraram a banca nos outros dias desta semana.

 
A candidatura de Lula representa muito mais do que estratégias partidárias, significa o término dos estragos que o governo de Michel Temer tem causado, da retirada de direitos da classe trabalhadora e do ataque à democracia. Na próxima semana, os juízes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, decidirão sobre a condenação infundada e sem provas imposta por Sérgio Moro. Na acusação, está o tríplex de Guarujá. Sérgio Moro desconsiderou todas as provas do processo que inocentam Lula, como depoimentos de testemunhas e documentos que provam que o imóvel não só está em nome da OAS, mas também foi penhorado por ela à Caixa Federal.

 

Participe desta luta! Junte-se a nós!

 

 
As fotos da atividade desta sexta-feira podem ser vistas abaixo.

Fotos: Matheus Leandro.

 

 

1 2 3 4 5 6 7 8 10 12 13 14 15 16 17 18

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube